Notícias

Toplita na Roménia, ponto de encontro de Parceiros do projeto Erasmus+ “Working with movies – moving people and their ideas”

Teve lugar entre 26 de novembro e 2 de dezembro de 2017, o 3.º encontro de parceiros do Projeto Erasmus+ “Working with movies – moving people and their ideas”, sendo anfitriã a Scoala Gimnaziala “Miron Cristea”, em Toplita, Roménia.

Professores e alunos de Portugal, Itália, Turquia, Letónia e Roménia mobilizaram-se para debater e partilhar experiência sobre a realidade dos refugiados a nível global e local.

O primeiro dia ficou marcado pela receção aos parceiros por parte da diretora da escola anfitreã, seguindo-se uma sessão de boas-vindas onde pontuaram belíssimas atuações musicais apresentados pelos alunos da Scoala Gimnaziala “Miron Cristea”. O resto da manhã foi ocupado com a visita às instalações, bem como a tomada de conhecimento das suas dinâmicas. A finalizar, uma visita pedestre à pequena cidade de Toplita, e aos seus locais mais emblemáticos.

A parte da tarde foi reservada à apresentação de trabalhos das escolas participantes relativos à temática deste encontro: os refugiados. Foi interessante verificar a forma como os diversos países envolvidos lidam com esta problemática. Apesar das diferentes localizações geográficas e culturas distintas, todos os envolvidos evidenciaram a perceção da urgência em acolher de forma adequada este novo tipo de migrantes.

Ler mais: Toplita na Roménia, ponto de encontro de Parceiros do projeto Erasmus+ “Working with movies –...

Corta-mato escolar mobiliza agrupamento de escolas

Na manhã do dia 6 de dezembro de 2017 realizou-se o corta-mato escolar na EBS Dr. Ferreira da Silva e EB Comendador Ângelo Azevedo, organizado e dinamizado pelos professores de educação física e direção do agrupamento de escolas.

Com a participação da maioria dos alunos do agrupamento de escolas, do 1.º ao 12.º ano, o movimento e a alegria estiveram bem presentes nesta atividade. Foi um momento envolvente, recheado de energia positiva e ação que permitiu o apuramento dos alunos que representarão o agrupamento de escolas no corta-mato regional.

Foram entregues medalhas aos três primeiros classificados de cada prova, um prémio aos vencedores e um lanche a todos os alunos participantes, que a direção do agrupamento de escolas facultou. 

Os professores de educação física agradecem os contributos da direção do agrupamento de escolas e da câmara municipal de Oliveira de Azeméis, sem os quais não teria sido possível realizar com êxito esta atividade, bem como a todos aqueles que com eles colaboraram na dinamização desta atividade tão envolvente, nomeadamente aos alunos, aos professores, aos assistentes operacionais e técnicos e ao Núcleo de Cucujães da Cruz Vermelha Portuguesa.         

Hastear a Bandeira Verde Eco Escola e a comemoração do Dia da Floresta autóctone no Agrupamento de Escolas Dr. Ferreira da Silva

No dia 23 de novembro foi hasteada a Bandeira Verde nos oito estabelecimentos de ensino do Agrupamento de Escolas Dr. Ferreira da Silva (AEFS). Esta cerimónia representou um momento muito importante para os nossos alunos e para o nosso Agrupamento de Escolas, pois testemunha a existência de um programa de educação ambiental coerente que cumpre a metodologia proposta pelo Programa Eco Escolas da Fundação para a Educação Ambiental.

Esta iniciativa contou com a presença do Diretor do Agrupamento de Escolas, Professor António Figueiredo, do Vereador da Educação, Professor Rui Cabral, Presidentes das Juntas de Freguesia de Cucujães, São Roque e União de Freguesias de Nogueira do Cravo e Pindelo, respetivamente Simão Godinho, Amaro Simões e Manuel Rebelo, representantes das Associações de Pais e Encarregados de Educação, Pais, Professores, Alunos e Assistentes Operacionais.

O dia ficou também assinalado com a comemoração do Dia da Floresta Autóctone, tendo os alunos do Projeto Eco Escola, com a colaboração do FAPAS (Fundo para a Proteção dos Animais Selvagens), procedido à plantação de várias espécies autóctones (cipreste, sobreiro, freixo, azevinho, amieiros, carvalho negral) nos jardins das distintas escolas do AEFS.

Natal na Rua 2017

“Natal na Rua”, espetáculo musical em São Roque

Teve lugar no passado dia 7 de dezembro, o “Natal na Rua”, um espetáculo musical abrangente a toda a comunidade educativa do Agrupamento de Escolas Dr. Ferreira da Silva no domínio das técnicas de expressão musical.

Natal na rua

Enquadrada no espírito natalício, a iniciativa teve lugar em frente à Igreja Matriz de São Roque e os cânticos próprios da quadra foram interpretados com muita alegria e jovialidade por mais de seis centenas de crianças dos jardins-de-infância e alunos dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos, docentes e funcionários do Agrupamento de Escolas e Associações de Pais e Encarregados de Educação.

O bom tempo que se fez sentir permitiu que muitas centenas de familiares dos alunos e comunidade em geral se deslocassem ao evento numa mole humana assinalável para uma amena noite de outono, dando calor humano a esta bela iniciativa.

O Professor António Figueiredo, Diretor do Agrupamento, deixou o seu agradecimento ao Vereador da edilidade Oliveirense, Hélder Simões, Presidente da Junta de Freguesia de São Roque, Amaro Simões, aos Professores, Educadoras, Pais, Encarregados de Educação, Alunos, Pessoal Não Docente e Associações de Pais pelo apoio, empenho e dedicação manifestados, sem os quais não seria possível levar a efeito com tanto êxito o “Natal na Rua”.

natal na rua small

Dia Internacional da Cidade Educadora 2017

Manifesto dos e das Autarcas

da Associação Internacional das Cidades Educadoras

manifesto1Manifestamos o nosso firme compromisso com o Direito à Cidade Educadora, como extensão do direito fundamental de todas as pessoas à educação e como veículo para tornar realidade outros direitos fundamentais. Entendemos o Direito à Educação como promotor do desenvolvimento humano, social e económico das pessoas e das comunidades e como elemento indispensável para atingir um desenvolvimento sustentável, uma cidadania ativa e uma paz duradoura.

Enquanto governos locais assumimos o nosso compromisso com a educação, uma educação inclusiva e de qualidade ao longo da vida, assegurando que este direito possa efetivar-se sem discriminação alguma e reforçando o importante trabalho educativo exercido por escolas e famílias.

Cabe também destacar as propostas educativas inovadoras, de âmbito não formal e informal oferecidas por bibliotecas, museus, centros culturais, de saúde, desportivos, serviços municipais, associações, tecido empresarial, meios de comunicação, etc., que devem complementar e enriquecer a educação formal.

Ler documento completo