Informação: uso de calculadoras gráficas

Em conformidade e nos termos do ofício-circular S-DGE/2016/3793, informa-se que no exame final nacional da disciplina de Física e Química A, a realizar em 2017/2018, os alunos deverão ser portadores de calculadoras científicas, não sendo permitido o uso de calculadoras gráficas. Apenas poderão ser utilizadas calculadoras científicas não alfanuméricas e não programáveis.

Informa-se ainda que a partir do ano letivo 2018-2019, para a disciplina de Física e Química A e nos exames finais nacionais desta disciplina, os alunos deverão ser portadores de calculadoras gráficas com a funcionalidade modo de exame (Cf. Ofício Circular S-DGE/2017/3040 de 11 de setembro).

Assim, na prova final de ciclo de Matemática (92) e nos exames nacionais de Economia A (712) e Física e Química A (715) é autorizada a utilização de calculadoras não alfanuméricas e não programáveis, as quais se caracterizam por não terem visível no teclado todo o abecedário inscrito, possuindo apenas teclas com algumas letras que permitem ter acesso a memórias numéricas para funcionarem como constantes.

Nas disciplinas de Matemática B (735) e Matemática Aplicada às Ciências Sociais (835), é obrigatório a utilização da calculadora gráfica e aos alunos é permitida a utilização de todas as potencialidades da calculadora, não sendo por isso permitida qualquer intervenção no sentido de fazer reset à mesma.

No ano letivo 2017/2018 a prova de Matemática A (635) será constituída por dois cadernos (Caderno 1 e Caderno 2). Para a resolução do Caderno 1, é necessário o uso de calculadora gráfica, sendo que uma ou mais questões de exame podem não ser resolúveis sem o recurso à sua utilização, pelo que a mesma se torna imprescindível para a resolução do Caderno 1 não sendo por isso permitida qualquer intervenção no sentido de fazer reset à mesma. Para a resolução do Caderno 2, não é permitido o uso de calculadora, em conformidade ao transmitido às escolas através do Ofício circular S-DGE/2016/3793, de 10 de outubro.

Deste modo, é apresentado em abaixo uma lista, não exaustiva, de máquinas de calcular possíveis de serem utilizadas em Exames Finais Nacionais. Assim, os alunos autopropostos que se candidate a EXAME e possua um modelo de máquina suscetível de levantar dúvidas deverá, até 31 de maio, impreterivelmente, pedir na Escola onde se inscreve a confirmação da possibilidade de utilizar a mesma no EXAME.

Lista, não exaustiva, de máquinas de calcular possíveis de serem utilizadas em Exames Finais Nacionais.