Play2adapt – Erasmus+

Apesar de o nosso Agrupamento de Escolas não acolher refugiados, tem entre os seus alunos vários imigrantes que partilham algumas das dificuldades evidenciadas pelos refugiados.

A participação dos nossos alunos neste projeto é fundamental, pois permite o contacto direto com esta realidade, munindo-os de novas ferramentas capazes de facilitar a integração de alunos provenientes de outros países e culturas.

Ao longo de toda a semana foram muitas as atividades realizadas, havendo a salientar o caloroso acolhimento pela escola anfitriã. Direção, professores e alunos tudo fizeram para proporcionar a todos os participantes uma experiência inesquecível.

No primeiro dia, as escolas dos diversos países participantes apresentaram os respetivos países, e a região em que se inserem. Foi o primeiro contacto com a diversidade de países e culturas que integram este projeto.

Houve, também, tempo para professores reunirem com o objetivo de planear o primeiro ano do projeto, se conhecerem melhor e fazer o balanço do trabalho realizado, assim como avaliar o impacto que este projeto trará a cada uma das comunidades educativas envolvidas. Os alunos tiveram a oportunidade de participar em workshops desenvolvidos para estimular o conhecimento da cultura local e a interação entre os diversos participantes. Para além do conhecimento desenvolveram verdadeiros laços de amizade que nem as barreiras linguísticas ou culturais dificultaram.

O ponto alto desta semana na Capadócia foi a apresentação dos diversos jogos tradicionais. Cada equipa apresentou três jogos típicos da sua região, seguindo-se momentos de puro convívio entre todos. Foi um importante momento de convívio e partilha entre alunos e professores que mostrou a importância dos jogos para a integração intercultural.

Este encontro possibilitou, também, dar a conhecer um pouco da Capadócia, região da Turquia em que se situa a escola anfitriã.